sexta-feira, 9 de junho de 2017

Dicas de fotografia

Pergunte para qualquer fotógrafo/a de gastronomia sobre as loucuras que eles já tiveram que fazer para tirar fotos perfeitas de alimentos, principalmente de produtos frescos. 

Alguns já tiveram que passar batom em morangos para deixá-los ainda mais vermelhos e até borrifar desodorante para fazê-los brilhar. Já ouvimos até falar de uma produtora que teve que costurar frutas em um árvore para deixar ela com aparência de “pé de fruta carregado.”
Pedimos que seis fotógrafos/as especializados/as em fotografia de alimentos contassem seus segredos na hora de clicar alimentos. Parece que o truque é não encobrir erros, e sim ter certeza de que eles não acontecerão. Siga suas dicas e as chances de você nunca ter que usar batom, ou desodorante, ou ter que costurar uma fruta em uma árvore vão diminuir consideravelmente.

“Para fazer uma boa foto de alimentos, é crucial que o próprio produto fascine e inspire”

Qualquer fotógrafo gastronômico gasta uma parte significativa de sua vida selecionando produtos de qualidade. Não posso apenas comprar cebolas; devo sempre ter certeza que tais cebolas se encaixam direitinho no meu plano. Às vezes, posso comprar um produto e quero fotografá-lo imediatamente. Você não deve adiar o clique de itens frescos; vegetais e saladas apodrecem rapidamente e perdem sua beleza natural.
Se está na época de frutas diferentes, corro no mercado, compro e imediatamente faço algumas fotos. Quando termina o shoot, geralmente como, ou cozinho os alimentos, já que não sou do tipo que joga comida fora depois de fotografá-la.
Frutas e legumes exóticos são inspiradores. Mas eu posso criar uma ótima composição com apenas duas cebolas. Para fazer um bom shoot de alimentos, é crucial que o produto em si atraia e inspire o fotógrafo. Claro que o produto clicado não precisa ser perfeito, mas definitivamente deve te atrair.

Nenhum comentário:

Postar um comentário