sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Comer, beber, viver

Depois de viúvo, um famoso chef da cozinha tradicional chinesa passa a mimar as três filhas e a pretensa namorada com refeição sofisticadas. A alimentação se da dentro de um clima familiar tenso e a atitude do pai serve para ocultar as dificuldades de comunicação entre os membros da família. 
Em Taipei, Mr. Chu (Sihung Lung) é um mago da cozinha. Com uma diligência quase poética, ele corta, amassa, desbasta, fatia os ingredientes dos pratos fabulosos que fabrica, ocultando suas emoções em verdadeiras obras de arte gastronômicas.
Todo domingo, o trabalho estafante como chef em um restaurante é trocado pelo encontro com as três filhas, Jian-Jen (Kuei-Mei Yang), Jia-Ning (Yu-Wen Wang) e Jia-Chen (Chien-Lien Wu). Novamente, o diretor Ang Lee funde iguarias a relacionamentos em Comer, Beber, Viver, uma delicada comédia que volta aos cinemas.
Mr. Chu demonstra o amor que sente pelas filhas cozinhando lindos pratos dominicais. Apesar de agradecidas, elas não mantém uma boa relação com o pai. A mais velha, Jia-Jen é professora e se tortura pela perda de um grande amor no colégio. Jia-Chen é executiva de uma companhia aérea de Taiwan e não vê a hora de sair de casa. A caçula Jia-Chien abomina o emprego em um fast-food, enquanto é amante do namorado da melhor amiga.
Este filme permite conhecer um pouco da cozinha chinesa e outros valores da culinária, valores bem diversos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário