sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

The trip - Uma Viagem Excêntrica

Quando Steve Coogan é convidado pela revista The Observer para percorrer a Inglaterra escrevendo suas experiencias passando pelos melhores 10 melhores restaurantes do país, aproveitando o momento para impressionar a namorada. 


Imaginando uma longa viagem romântica com sua bela namorada, pretendendo partir com ela, mas sua namorada pede um tempo não podendo acompanhá-lo. Sem muitas opções ele convida seu melhor amigo,  se vendo obrigado a levar, o ator Rob Brydon. 


Entretanto, Steve descobre que viajar com seu melhor amigo pode ser uma experiência devastadora tornando a sua viagem um verdadeiro inferno. O filme passa sempre pelo dialogo dos dois desde imitações de atores, há apetitosas descrições dos pratos e belíssimos lugares e historias que eles visitam. Agora, a missão de Steve é: Comer, beber e tentar não matar Rob no meio do caminho. 


A versão em longa-metragem é, na verdade, uma versão editada a partir de uma série de TV que ambos gravaram para a BBC.
Não é preciso ser um grande conhecedor da carreira dos humoristas para compreender que o filme mostra uma versão fictícia dos verdadeiros atores. O filme não possui roteiristas, já que ele é praticamente todo feito à base da improvisação dos atores. E nem precisaria, já que o charme da produção não está nas suas qualidades narrativas, mas nas imagens e na forma como os personagens – e atores – se divertem. http://cinemacao.com/2015/04/20/uma-viagem-excentrica-the-trip-culinaria-combina-com-piada/#sthash.r0U0PmNp.dpuf

Combinação perfeita para uma aventura repleta de acidez, risos e emoção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário