quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Páprica doce


A páprica (português brasileiro) ou paprica (português europeu) (também conhecida em Portugal como pimentão-doce ou colorau) é uma especiaria muito usada na cozinha como condimento, obtida de uma variedade de pimentão (português brasileiro) ou pimento (português europeu), depois de seco e moído. 


É uma variedade de Capsicum annuum, da família das Solanaceae. A sua origem é latino-americana, mais especificamente da região da América Central e do México. Diversas variedades dessa espécie são utilizadas, dependendo de se se pretende um condimento mais ou menos picante.
A páprica doce tem sabor mais suave e pode ser usada sem medo, diferentemente da páprica picante, que tem um gosto forte e vibrante e deve ser adicionada com moderação.
A páprica doce é um tempero húngaro, mas muito utilizado na culinária indiana. Com um sabor adocicado, ele é usado tanto para os pratos salgados como para doces, sendo muito comum o seu uso no preparo de boi e aves. A páprica é usada como corante de carnes assadas, sopas, pães e arroz. Na indústria alimentícia, é usada para carnes congeladas ou defumadas, arroz,manteiga e queijos.
Os benefícios apresentados pelo uso da páprica são imensos: reduz dores cardiovasculares, é anti-inflamatória, estimuladora da circulação sanguínea e muito boa para o sistema imunológico. Porém, em excesso ela pode agravar úlceras gástricas.







Nenhum comentário:

Postar um comentário