segunda-feira, 23 de março de 2015

D.O.M a experiencia de trabalhar e aprender com os melhores parte 02

Durante o decorrer dos dias acabei conhecendo muitas pessoas desde estagiários a funcionários, pessoas incríveis que faz crescer a cada dia com o duro trabalho e a satisfação de estar lá e claro sempre respeitando a todos. 

E minha equipe estava passando por uma reformulação o Vinicius foi para cozinha principal do DOM, Marcelo passou para o turno da manhã e Lenir voltou para o Peru, com essas mudanças chegaram para substitui-los o João Contenssoto, Natalie Col e Lucas, foi fácil se entrosar com o pessoal e ensina-los o dia a dia da cozinha. 

Todos os dias depois do expediente era nossa obrigação limpar a cozinha para que no outro dia o pessoal encontrasse limpo para ser usada e aos sábados às 7:00 da manhã estávamos presente para fazer a faxina geral na cozinha do DOM e uma vez na semana um dos estagiários tinha que ir a tarde para trabalhar das 14:30 ate as 23:00. No meu sábado a tarde tive a sorte de fazer pré-produção dos pratos para o aniversario do chef Geovani, o chefão do DOM.
São muitos estagiários no DOM e Dalva & Dito, entre eles muitos de fora, Suíça, Londres, Peru, Chile, Argentina e brasileiros que estudaram gastronomia pela Europa também fazem parte da lista de estagiários, para mim foi muita sorte conseguir uma vaga já que é bastante disputado. Umas das coisas mais interessante é que a pré-produção do DOM é responsável por lavar pratos, panelas e todos utensílios utilizados e olha que lavei muita panela huahuahua.
Entre muitos pré-produções tínhamos que produzir a galinha da angola, costelinhas, vitelas, rotis, cará frito, talos de agrião, língua de boi e muitos outros, todos com um padrão de produção de trabalhos, com muitos detalhes. E claro podíamos degustar todos os pratos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário