quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Temperos: Açafrão


Ele é considerado o rei das especiarias..
O açafrão é o pistilo da flor “crocus sativus” e considerando que cada flor possui apenas três pistilos, e para conseguir 1 quilo do produto final precisa de 250.000 flores. 

E o processo é totalmente manual. Esta peculiaridade unida à singularidade da espécie, o solo e o clima, faz com que o açafrão “manchego” seja considerado o melhor do mundo e uma das especiarias mais caras também. E para alguns chefs o açafrão vale mais que ouro.
O açafrão é capaz de transmitir aromas profundos, sendo insubstituível em muitas receitas, não somente espanholas, mas de vários outros países.
É recomendável adquiri-lo em estigmas, e não moído, para evitar consumir um açafrão misturado com outros de qualidade inferior. No entanto, para evitar um sabor muito forte que se sobressaia no tempero, você deve moer as ervas e diluí-las no caldo da receita entre 10 a 15 minutos antes de terminar seu cozimento.

Muitos pratos à base de arroz, como paellas e risotos, pedem açafrão. Além de dar coloração aos pratos, ele traz um toque vagamente amargo. Carnes, peixes, frutos do mar, aves, guisados, saladas, caldos, sopas, molhos, recheios e massas também ficam muito bem acompanhados de um bom açafrão em seu tempero.


Nenhum comentário:

Postar um comentário