sexta-feira, 21 de março de 2014

Os segredos do mundo universitário


Geralmente quando entramos na faculdade só imaginamos que a vida universitária é o básico do básico, faz matricula, monta a grade, vai pras aulas, estuda para a prova, faz trabalho e participa de um congresso ou algo do gênero pra ter suas horas e fim, mas na verdade o mundo universitário é muito grande e vasto, mas claro você precisa ser curioso, perguntar, futucar e correr atrás. 


Hoje eu vou estar falando de algumas coisas que você pode fazer fora do básico desse mundo, seu primeiro passo é montar um currículo lattes e não vitae depois é só decidir por onde quer começar, monitorias, projetos de pesquisar, grupo de pesquisa. Durante esses dias eu vou ta falando sobre o que é, como começar, como elaborar e como divulgar.

Pra começar vamos falar sobre o currículo lattes.

Curriculum Lattes é um currículo elaborado nos padrões da Plataforma Lattes, gerida pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). A Plataforma Lattes é resultado da experiência do CNPq na integração de bases de dados de Currículos, de grupos de pesquisa e de instituições em um único sistema de informação.
O Curriculum Lattes se tornou um padrão nacional no registro do percurso acadêmico de estudantes e pesquisadores do Brasil. Atualmente é adotado pela maioria das instituições de fomento, universidades e institutos de pesquisa do país.
A riqueza de informações, a abrangência e confiabilidade são elementos indispensáveis aos pleitos de financiamentos na área de ciência e tecnologia.
O Curriculum Lattes é mais abrangente que o Curriculum Vitae, sendo esta a principal diferença entre os dois. O Curriculum Lattes é mais longo, pois deve mencionar detalhadamente tudo o que está relacionado com a carreira do profissional.
Em geral, espera-se que um Curriculum Lattes tenha uma ou duas páginas para um profissional que está entrando no mercado de trabalho, de duas a quatro páginas para um profissional com alguma experiência e até cerca de sete páginas para um profissional experiente (não deve exceder dez páginas).
Todos os dados da Plataforma Lattes estão disponíveis ao público para consulta na Internet.
E quem quiser montar seu currículo acesse http://lattes.cnpq.br/ se cadastre e de seu primeiro passo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário