domingo, 2 de março de 2014

filme: Ratatouille


Como falar de gastronomia e não comentar sobre alguns filmes e entre eles o famoso Ratatouille, que conta a história do pequeno Rémy que é apaixonado pela cozinha francesa e pelo grande chef Parisiense Auguste Gusteau onde o proprio diz que qualquer um pode cozinhar. nisso ele conhece o linguine um verdadeiro trapalhão na cozinha, mas quando Rémy e Linguini se juntam comecam a fazer os pratos mais surprendente, um filme muito bom, onde podemos ver em alguns trechos de dicas pra quem trabalha na area gastronomica.

E ratatouille alem de ser o nome de um otimo filme da Pixar tambem é o nome de uma receita do século XVIII e pode ser servida quente ou fria, sozinha ou como acompanhamento. Um prato rústico, típico da região damProvença em que se notam influências espanholas e italianas. O nome significa «picar, triturar», mas podemos traduzir também como ragoût de legumes ou prato de berinjelas. [Pequeno Dicionário da Gastronomia]
Para preparar o ratatouille não pode faltar berinjela nem tomate. Com o restante dos ingredientes pode-se lidar mais à vontade. O pimentão e a abobrinha não são obrigatórios na receita. O método clássico de preparar a ratatouille envolvia tirar as peles e sementes ao tomate e cozinhar separadamente os vegetais, para serem combinados no final e temperados com sal e ervas da Provença (ou uma combinação de tomilho, orégão, sementes de coentro e funcho; o conjunto levava cerca de uma hora a cozer, sendo regado com vinho branco ou tinto. 
No original francês, "ratatouille" é um substantivo feminino, também chamado de "ragu grosseiro". Sopa de carne ou peixe picados com legumes cozidos longamente em azeite.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ratatouille



Um comentário:

  1. hahaha o filme do seu signo, esse post foi antes de eu ter lhe dito ou depois?
    Quando você for me responder, vai até meu blog e coloca em comentários.
    E seu blog está melhor que o meu, chatiada.

    ResponderExcluir