segunda-feira, 3 de março de 2014

A importância da fotografia na gastronomia



Uma boa foto de comida desperta a vontade de comer o prato fotografado e para quem já o experimentou, fica aquela sensação de quase sentir novamente o seu sabor. Uma foto não tem aroma, temperatura, textura e nem sabor, e por causa disto que a imagem precisa ser visualmente tão atraente e forte ao ponto de estimular os outros sentidos do observador. 



A fotografia deve mexer com a imaginação, fazendo com que uma pessoa sinta o sabor, aroma, a temperatura e textura do alimento, somente olhando a fotografia do mesmo, e assim tenha vontade de comer tal alimento. Então o objetivo da fotografia de gastronomia é de transmitir sabores por meio de imagens, estimulando o paladar com a visão. Ao olhar uma imagem, a visão estimula o cérebro e este resgata da memória sensações, sentimentos relacionados à imagem vista. Para isto, além de explorar formas, cores, luz, sombra, brilho, textura, composição, enquadramento, objetos, combinações, é preciso saber qual é o público que deseja-se atingir, pois a interpretação de uma imagem pode variar de acordo com a idade, sexo, região e cultura. Para realizar uma boa Fotografia Gastronômica, cada tipo de prato exige um tipo de iluminação. Em alguns casos, o indicado pode ser a luz artificial, em outras opções a luz natural pode dar o tom desejado à imagem. O ambiente do prato em seu contexto, com a máxima atenção às cores, fundos e à louça ideal. Uma das cores dos alimentos para compor o restante da cena. Além disso, a qualidade e o aspecto de cada alimento ali inserido são fundamentais. Para isso, uma boa produção é essencial para mostrar o melhor de cada item: o melhor pedaço de tomate, a melhor folha, a melhor cereja, o melhor da calda que escorre sobre o doce, etc. A comida deve ter aparência de que acabou de ser produzida, disse. Com o fundo do ambiente neutro, sem muita interferência e sem deixar as fotos monótonas, de forma a criar uma textura e um cenário que não conflite com o alimento. E quando possível, tentar documentar alguma ação que possa dar vida, movimento e interação à fotografia.

Bruno almeida de Oliveira na 1ª apresentação do seu trabalho

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante do post, porque pretendo futuramente abrir uma torteria.
    Eu e meu esposo!
    Beijos!
    http://anseiosia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Fico muito feliz que eu tenha lhe ajudado e quando tiver alguma duvida pode deixar aqui que eu respondo.
    Fico na torcida que vc e seu esposo abra a torteria.
    bjosssss e sucesso

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Bruno Chef. Sucesso e me convide sempre para comer.

    ResponderExcluir