quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Conheça alguns tipos de arroz que existem no mercado

Numa pesquisa para um trabalho sobre arroz achei um site muito interessante que falava sobre os seus 09 tipos e com isso eu estou postando aqui pra vocês essa pesquisa, e para quem quiser da uma olhada acessa culinaria.terra.com.br.

O arroz é mais do que um acompanhamento. O alimento é simplesmente um dos mais consumidos em todo o mundo, nos mais diferentes países e culturas, e é cultivado em várias partes do planeta (especialmente na Ásia). Segundo o jornal The Huffington Post, que fez uma matéria sobre o grão, embora o tipo mais consumido seja o branco, há uma boa variedade de tipos que podem ser aproveitados em receitas muito saborosas.
Ainda de acordo com a reportagem, o arroz pode ser encontrado em três tipos: grão longo, médio ou curto. Também há o tipo marrom, ou integral, que está ganhando popularidade conforme as pessoas passam a se preocupar mais com a própria saúde.
O jornal ainda ensina uma forma simples de cozinhar o arroz: basta colocar um punhado na panela e deixar ferver até que fique macio. Alguns, como os grãos integrais, demoram mais a ficarem prontos; por isso, diz a reportagem, é importante sempre seguir as instruções da embalagem do produto.
Por fim, é importante saber armazenar o arroz. O grão pode durar anos, embora os tipos integrais não fiquem bons após seis meses. Vale guardar o arroz em um pote em local seco, ou mesmo na geladeira ou até no freezer.
Confira os tipos de arroz mais comuns de serem encontrados:
Arroz branco
O mais comum de todos, está disponível nos tamanhos curto, médio e longo. O parbolizado passa por menos processos de refinamento do que o branco e, por isso, é considerado mais saudável e preserva melhor os nutrientes. Vai bem com a maior parte dos pratos e frituras.
Arroz basmati
Cultivado na Índia e no Paquistão, é um grão longo e muito aromático (seu nome significa ¿cheiroso¿ em sânscrito). Pode ser encontrado integral ou branco. Vai bem com pratos indianos, curry e frituras.
Arroz vermelho
O arroz vermelho é um grão integral que só teve sua casca removida, então guarda ainda muitos nutrientes. Existe dois tipos: o grão longo (da Tailândia) e o cultivado no Butão, que é médio. Leva cerca de 20 minutos para ser cozido e precisa escorrer antes de ser servido.
Arroz integral
Este tipo não teve a casca retirada, deixando seu interior intacto. Tem um alto valor nutricional e aparecem em vários tipos, pois todos os grãos foram integrais em algum momento. Pode ser usado nas mesmas receitas do arroz branco.
Arroz jasmine
Originário da Tailândia, é conhecido também como Hom Mali. Deve ser lavado antes de cozinhar e precisa de menos água do que o arroz branco comum (cerca de 1 xícara de arroz para 1 ou 2 de água). Combina com grelhados e refogados.
Arroz preto
É conhecido também como "arroz proibido", pois era o preferido dos imperadores da China. A cor é causada pelo alto nível de antocianina contido nele. É um arroz integral com muitos nutrientes e que pode ser encontrado na versão curta (chinesa) e longa (tailandesa). Ele é perfeito para pratos doces, como o arroz doce.
Arroz arbóreo
Exclusivo para os risotos, prato típico de Veneza, esse tipo de arroz tem os grãos curtos para que sua textura fique cremosa depois de cozido. Ele também funciona para fazer arroz doce.
Arroz para sushi
Existe vários tipos de arroz usados no preparo do sushi. As principais são o Koshihikari, Sasanishiki e Hatsunishiki, todos grãos curtos. Para preparar, ele deve ser cozido no vapor e depois combinado com uma mistura de açúcar, sal e vinagre de arroz.
Arroz selvagem
Na verdade, esse grão é uma semente de gramínea nativa da América do Norte. Rico em proteínas, fibras e aminoácidos, o grão é comercializado sem a casca. Embora demore cerca de 50 minutos para cozinhar, pode substituir o arroz branco em grande parte dos pratos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário